Notícias de dispositivos móveis, gadgets, aplicativos Android

Apple Enfrenta novo processo judicial sobre problemas de carregamento de fones de ouvido sem fio Powerbeats Pro

Bartosz Grabowski, residente em Illinois, entrou com uma ação 6-contar ação coletiva contra Apple em Cook County, Illinois, por meio de seus fones de ouvido sem fio Powerbeats Pro.

A ação movida no tribunal geralmente afirma que os fones de ouvido são feitos com materiais defeituosos e não carregam corretamente, tornando-os inutilizáveis.

Em sua reclamação, o Requerente declarou inequivocamente que “o estojo de carregamento do Réu não carrega de forma consistente e adequada os fones de ouvido Powerbeats Pro, apesar dos anúncios e garantias do Réu em relação ao tempo de audição dos fones de ouvido Powerbeats devido a um defeito de design e/ou ao uso de materiais de qualidade inferior pelo Réu.

Os fones de ouvido não conseguem manter uma conexão adequada com o estojo de carregamento devido a esta falha e, consequentemente, são inadequados para o uso pretendido.

Lembre-se de que no mês passado, em janeiro, Alejandro Vivar, um cidadão de Nova York, entrou com uma ação coletiva alegando que falhas de design nos fones de ouvido sem fio Powerbeats Pro os proíbem de carregar corretamente.

Vivar alegou no tribunal federal de Nova York que comprou os fones de ouvido acreditando que durariam mais devido às promessas da embalagem.

“Infelizmente, uma porcentagem significativa de usuários enfrenta problemas de esgotamento e carregamento da bateria com o Produto, o que limita sua funcionalidade e uso”, afirma Vivar.

Os fones de ouvido são vendidos sob a marca Beats, que agora pertence à Apple e era anteriormente conhecido como Beats by Dre.

A duração da bateria é uma das qualidades mais essenciais dos fones de ouvido sem fio. Ainda assim, o aparelho está descarregando bateria e também apresenta problemas de carregamento, vivenciados por ambos os usuários, o que desencadeia o ajuizamento da ação judicial.

Nós recomendamos:  SOMENTE ESCRITÓRIO 7.5 Lançado com novo editor de PDF e mais

Não se deve esquecer que a gigante tecnológica americana concordou em pagar $9,75 milhões em 2020 para resolver acusações de que a duração da bateria do Powerbeats2 é inadequada, diminuindo o valor dos fones de ouvido sem fio.