BalĂ”es da Internet do Google (Projeto Loon) chegam ao QuĂȘnia

projeto loon chega no QuĂȘnia

O Google estĂĄ preparando seu primeiro teste comercial de Projeto Loon no QuĂȘnia. A idĂ©ia do projeto Ă© muito simples, os balĂ”es levarĂŁo a Internet para ĂĄreas rurais ou lugares remotos. É assim que regiĂ”es pobres ou de difĂ­cil acesso podem ter uma conexĂŁo com a web.

Atualmente, o Google estĂĄ inovando constantemente em qualquer ĂĄrea tecnolĂłgica. Se vocĂȘ quiser saber mais sobre balĂ”es da Internet, continue lendo. Vamos explicar todos os detalhes do projeto.

Internet chegarĂĄ a todos os cantos do mundo com o Projeto Loon

projeto loon no QuĂȘnia

Para levar balĂ”es da Internet ao QuĂȘnia, o Google estĂĄ trabalhando em conjunto com o companhia aĂ©rea Telkom KenyaIsso garantirĂĄ a prova comercial de Loon. Dessa forma, eles saberĂŁo se o projeto Ă© realmente viĂĄvel.

Da mesma forma, não é a primeira vez que o Google coloca seus balÔes para funcionar. Loon jå estava presente no Peru e Porto Rico e foi capaz de oferecer conexão à Internet após os desastres naturais que ocorreram nos dois países. Em Porto Rico, foi um sucesso total, o projeto foi montado em 4 semanas e 100.000 pessoas Eles puderam se beneficiar dos balÔes da Internet.

BalÔes da Internet pretendem se tornar um serviço eståvel

projeto loon chega ao QuĂȘnia com o Google

Agora em QuĂȘnia, Google quer instalar um serviço permanente Internet com o Projeto Loon. A ideia do teste comercial baseia-se em tentar que todas as aldeias e cidades remotas do paĂ­s africano possam contar com um serviço 4G. Por enquanto, nĂŁo foi dito quanto custarĂĄ o serviço e a velocidade de conexĂŁo que ele oferecerĂĄ.

Quanto à viabilidade do projeto, jå se sabe que Loon funcionou muito bem em situaçÔes de desastre natural mas isso foi um serviço de passagem. Ainda não se sabe como o Google pretende oferecer o serviço e quais serão as regiÔes com a maior prioridade.

BalÔes não duram para sempre

Outro desafio que o Projeto Loon deve superar Ă© longevidade de balĂ”es. Atualmente, eles podem durar de quatro a cinco meses antes de começarem a se deteriorar. Outro problema sĂŁo os fortes ventos que estĂŁo no QuĂȘnia, que podem mover os balĂ”es para fora da faixa de serviço e os usuĂĄrios perdem a conexĂŁo com a Internet.

Apesar de tudo, Google confiante de que pode superar obstĂĄculos e ele espera que o Projeto Loon seja aprovado em breve no QuĂȘnia. Portanto, a qualquer momento, os balĂ”es da Internet poderiam estar voando sobre certas ĂĄreas africanas.

Fonte | 9to5Google