Notícias de dispositivos móveis, gadgets, aplicativos Android

Como superar a síndrome do impostor

Você já sentiu que o mundo está trabalhando contra você? Ou você já teve a sensação de inadequação, apesar do evidente sucesso?

Falso. Sortudo. Falha. Fora de lugar. Inseguro. Fraudulento. Indigno. Descobriu.

Se alguma dessas palavras tocar em você, você pode sofrer com a síndrome do impostor.

O que é a síndrome do impostor?

‚ÄėImpostores‚Äô tendem a suportar d√ļvidas cr√īnicas e a se sentirem como uma fraude intelectual, tornando dif√≠cil aceitar qualquer sentimento de sucesso ou evid√™ncia externa de suas habilidades. Os impostores s√£o incapazes de internalizar suas realiza√ß√Ķes, por mais bem-sucedidos que sejam em sua voca√ß√£o.

Pessoas motivadas e bem-sucedidas provavelmente ser√£o culpadas da s√≠ndrome do impostor. Est√° fortemente associado ao perfeccionismo. A s√≠ndrome do impostor afeta todos os tipos de pessoas em todas as esferas da vida: mulheres, homens, estudantes de medicina, gerentes de marketing, atores e executivos… a lista √© longa! Se voc√™ se identifica com esses sentimentos da s√≠ndrome do impostor, saiba que n√£o est√° sozinho.

Porém, é muito fácil se sentir isolado e sozinho com a sensação de ser um impostor em sua própria vida. Você pode presumir que ninguém mais sabe exatamente contra o que você está lutando, ou se sente tão indigno ou incompetente quanto você. Mas a verdade é completamente oposta.

Neste artigo, compartilhamos os efeitos que a s√≠ndrome do impostor tem sobre outras pessoas e como √© isso em suas situa√ß√Ķes √ļnicas. Voc√™ aprender√° que o mundo est√° do seu lado se voc√™ permitir, e que existem maneiras de reprogramar esses sentimentos de impostor de maneira saud√°vel e emp√°tica.

Os efeitos da síndrome do impostor

H√° momentos em que um pouco de d√ļvida e competitividade s√£o necess√°rios para prosperarmos em ambientes novos ou desconfort√°veis. Reconhecer que voc√™ n√£o sabe tudo pode abrir novas oportunidades de aprendizagem. Ser inseguro nos ensina que precisamos nos adaptar e mudar com o que nos rodeia para crescer. O fen√īmeno do impostor vai longe demais e grava em nossas mentes o medo do fracasso e da vergonha.

A s√≠ndrome do Impostor geralmente afeta aqueles que s√£o motivados, motivados e com alto desempenho. Muitas vezes est√° relacionado com perfeccionismo, que se refere √†queles que t√™m padr√Ķes pessoais elevados, s√£o organizados, ordeiros e lutam por resultados perfeitos. Embora os perfeccionistas e os impostores sejam motivados para o sucesso, os perfeccionistas s√£o movidos por exig√™ncias internas de padr√Ķes elevados, enquanto os impostores s√£o movidos por pensamentos internos de fraude intelectual.

Um estudo descobriu que mais 80% das pessoas, especialmente grupos étnicos minoritários, enfrentam sentimentos de síndrome do impostor. Em vez de pensar que são inteligente, talentoso, experiente ou merecedor, eles ficam sentindo que não pertencem.

Enquanto o fen√īmeno impostor n√£o √© realmente um diagn√≥stico cl√≠nico, a pesquisa mostrou que o impostorismo est√° associado a resultados negativos para a sa√ļde mental, incluindo ansiedade e depress√£o. Descobriu-se tamb√©m que aqueles que possuem altos n√≠veis de sentimentos de impostor s√£o particularmente vulner√°veis ‚Äč‚Äča baixos n√≠veis de auto-estima.

A s√≠ndrome do impostor √© especialmente proeminente entre pessoas com identidades sub-representadas. Sentimentos de inseguran√ßa ou a d√ļvida foi considerada comum entre o BIPOC, que normalmente est√£o sub-representados no ensino superior e nos ambientes de trabalho na Am√©rica do Norte. Em compara√ß√£o com os seus hom√≥logos brancos, s√£o mais propensos a experimentar este fen√≥meno. Descobriu-se tamb√©m que as pessoas transg√©nero e n√£o-bin√°rias vivenciam um fen√≥meno semelhante, com um tema interno de n√£o serem ‚Äúmulher ou homem suficiente‚ÄĚ nas suas profiss√Ķes e de fazerem com que o mundo pare√ßa v√™-los como impostores.

Muitos de n√≥s j√° experimentamos sentimentos de d√ļvida e indignidade em algum momento de nossas vidas. A s√≠ndrome do impostor assume o controle quando suas realiza√ß√Ķes s√£o resultado de seu pr√≥prio conhecimento, trabalho √°rduo e prepara√ß√£o, mas voc√™ AINDA se sente inadequado.

Reunimos alguns exemplos pessoais de pessoas que sentiram os efeitos do fen√īmeno do impostor e destacamos algumas dicas de como superar a s√≠ndrome do impostor.

Qual é a sensação da síndrome do impostor?

Aqui estão algumas das histórias que as pessoas generosamente compartilharam conosco.

*Os nomes foram alterados para garantir a privacidade.

  1. Conheça Rebeca.

Rebecca √© uma mulher de 24 anos que foi recentemente contratada em uma locadora de autom√≥veis como gerente de opera√ß√Ķes. √Č sua fun√ß√£o gerenciar e supervisionar os empregos de v√°rios homens de meia idade.

Como superar a síndrome do impostor 1

‚ÄúSinto que n√£o perten√ßo a este trabalho. Como quando jovem, n√£o sou respeitada nesta ind√ļstria que est√° cheia de homens mais velhos que olham para mim como se eu n√£o fosse superior a eles. Sou algu√©m que eles devem respeitar quando lhes dou uma tarefa, embora eles decidam n√£o faz√™-lo. Eles olham para mim e falam pelas minhas costas sobre como n√£o deveriam ter que se reportar a mim. √Č dif√≠cil porque embora eu ame meu trabalho, √© dif√≠cil provar a eles do que sou capaz. Muitas vezes perco de vista as minhas pr√≥prias capacidades ‚Äď se as pessoas com quem trabalho n√£o conseguem ver o meu potencial, como posso aceit√°-lo? Embora meu sucesso seja medido e reconhecido, ter pessoas que duvidam de suas habilidades me faz questionar.‚ÄĚ

  1. Conheça Arão.

Aaron trabalha na mesma empresa de engenharia de software há cinco anos. Ele é um membro respeitado e trabalhador da equipe da empresa. Ele sabe que é um ativo valioso, mas não fez nenhum esforço para garantir que fosse reconhecido como tal.

Como superar a síndrome do impostor 2

‚ÄúJ√° estou na minha fun√ß√£o atual h√° algum tempo. Sei que sou p√©ssimo em garantir que sou reconhecido pelo trabalho que fa√ßo. Recebo excelentes avalia√ß√Ķes de desempenho do meu gestor. Supervisionei in√ļmeros projetos nos quais trabalhei arduamente e que tiveram sucesso. Sinceramente, n√£o sei por que tenho dificuldade para conseguir uma promo√ß√£o e pedir um aumento. Eles devem pensar que estou confort√°vel. Talvez eu n√£o mere√ßa isso? Eu vou e volto sobre se fa√ßo ou n√£o. Acho que s√≥ preciso provar mais a mim mesmo.‚ÄĚ

  1. Conheça Camila.

Camila desistiu dela 9-5 trabalho corporativo para seguir uma carreira na cria√ß√£o de conte√ļdo. Ela se sente motivada, mas desmotivada ao mesmo tempo. √Č dif√≠cil para ela n√£o se sentir insegura ou falsa enquanto persegue seu sonho.

Como superar a síndrome do impostor 3

‚ÄúEstou extremamente consciente do fato de que estou me anunciando para o mundo ver. Apresentar-se nas redes sociais como um influenciador em uma √°rea de nicho permitir√° que as pessoas o rotulem e julguem imediatamente. A maioria dos coment√°rios que recebo s√£o de apoio. Mas as piores cr√≠ticas n√£o v√™m de pessoas escondidas atr√°s de telas ‚Äď elas v√™m de mim mesmo. Acho dif√≠cil n√£o me criticar, o que muitas vezes leva √† d√ļvida, ao medo, √† ansiedade e √† sensa√ß√£o de ser uma farsa. Acabei de assinar meu maior contrato com a marca e, em vez de ficar emocionado, me peguei pensando: ‘quando eles v√£o perceber que cometeram um erro?’‚ÄĚ

  1. Conheça Jamal.

Jamal é um jovem afro-americano que lutou contra a síndrome do impostor durante toda a vida. Ele trabalhou duro e conseguiu chegar ao topo de sua turma de graduação e ganhou muitas bolsas de estudo em algumas das melhores universidades do país. No entanto, ele sente que teve sorte com suas bolsas e está deslocado.

Como superar a síndrome do impostor 4

N√≥s recomendamos:  Huawei MatePad SE 10.4 Lan√ßado no mercado global: especifica√ß√Ķes e recursos

‚ÄúDurante toda a minha vida, minha fam√≠lia lutou. N√£o viemos de um bairro rico ou de uma parte bonita da cidade. Acho que minha m√£e ficou surpresa que pelo menos um de seus filhos conseguiu sobreviver no ensino m√©dio. A vida √†s vezes era dif√≠cil para n√≥s. Mas conseguimos. Agora fui aceito em minha melhor universidade e obtive notas boas o suficiente para me sustentar enquanto estiver l√°. N√£o posso deixar de pensar se me deram bolsas porque sabem que sou negro e querem diversificar a escola, ou se realmente ganhei. Ser uma das √ļnicas pessoas negras na minha escola me faz pensar que a universidade n√£o ser√° muito diferente. A quantidade de vezes que fui questionado sobre de onde venho e como cheguei aqui me faz questionar se realmente perten√ßo a esse lugar. Tudo o que sei √© que os brancos nunca ouvem esse tipo de pergunta.‚ÄĚ

  1. Conheça Inges.

Inges é escritor há algum tempo. Ela conseguiu empregos com os quais antes só poderia sonhar. Ela teve muito sucesso em sua carreira até agora, mas muitas vezes se sente uma fraude.

Como superar a síndrome do impostor 5

“Eu amo meu trabalho. Se eu tivesse que recome√ßar minha vida, ainda escolheria ser escritor. Embora muitas vezes eu me encontre caindo na toca do coelho… se eu amo tanto meu trabalho, ent√£o por que sempre me sinto deslocado? √Äs vezes entro em p√Ęnico e fico ansioso quando estou escrevendo. Muitas pessoas por a√≠ olham para o que tenho a dizer. Ha! Como √© que essas pessoas confiam no que estou escrevendo? Estou claramente ciente de muitas coisas que n√£o sei. Muitas vezes sinto que n√£o sou inteligente o suficiente para estar nesta posi√ß√£o de espalhar conhecimento poderoso.‚ÄĚ

Como superar a síndrome do impostor?

A s√≠ndrome do impostor leva as pessoas a acreditar que suas realiza√ß√Ķes acad√™micas e profissionais n√£o se devem √†s suas pr√≥prias capacidades, como habilidades ou intelecto, mas sim a fatores externos, como sorte, esfor√ßo e recebimento de ajuda de outras pessoas.

O que importa √© se dermos a estas d√ļvidas e medos o poder de nos impedir de tomar as a√ß√Ķes necess√°rias para alcan√ßar os nossos objetivos e aspira√ß√Ķes mais elevadas.

Se você sente que está sofrendo da síndrome do impostor, saiba que existem maneiras de combater esses sentimentos para que você consiga recuperar a confiança.

Aqui estão algumas dicas sobre como superar a síndrome do impostor:

  1. Reconheça esses sentimentos quando eles surgirem

√Č f√°cil ignorar os sinais da s√≠ndrome do impostor que surgem em nossa vida cotidiana. No entanto, reconhecer esses sinais quando eles surgem √© o primeiro passo para aprender como superar a s√≠ndrome do impostor.

Sinais de que você pode estar sofrendo da síndrome do impostor:

  • Voc√™ sempre sente que ‘teve sorte’, mesmo quando trabalhou duro
  • Voc√™ se pega se desculpando quando na verdade n√£o fez algo errado
  • Voc√™ √© um perfeccionista com padr√Ķes incrivelmente elevados
  • Voc√™ acha dif√≠cil aceitar elogios
  • Voc√™ nunca sente que o que est√° fazendo √© suficiente

Preste muita atenção em como você fala sobre si mesmo e sobre os outros, especialmente quando estiver falando sobre escola ou trabalho. Suas escolhas de idioma são um forte indicador de que você está lidando com a síndrome do impostor. Se você achar que seu próprio sucesso ou receber elogios o deixa desconfortável, permita-se algum espaço para refletir sobre de onde surgiram esses tipos de pensamentos e o que eles podem simbolizar.

  1. Mostre-se alguma empatia

Seja gentil consigo mesmo. Isso significa simplesmente mudar seu monólogo interior, a maneira como você fala consigo mesmo mentalmente, praticando o diálogo interno positivo.

A conversa interna negativa √© uma pr√°tica prejudicial √† sa√ļde e pode influenciar muito nossos n√≠veis de ansiedade e estresse.

Também pode ajudar diminuir o zoom e considerar como onde você está agora se compara a onde você estava há um ou até cinco anos atrás. Você realizou coisas das quais seu eu mais jovem ficaria orgulhoso. Lembre-se de mostrar alguma compaixão por si mesmo.

Tamb√©m √© importante lembrar que suas realiza√ß√Ķes n√£o est√£o vinculadas ao seu valor. Quando superando a s√≠ndrome do impostoraprenda a reconhecer esses sentimentos de medo e a aceitar que voc√™ est√° perfeitamente bem como est√°, mesmo sem suas realiza√ß√Ķes.

  1. Procure suporte

Saiba que você não está sozinho.

Fale sobre o que voc√™ est√° vivenciando com outras pessoas, seja com um amigo, conselheiro, colega, mentor ou gerente. √Č melhor ter um di√°logo aberto do que sofrer em sil√™ncio com pensamentos negativos.

Compartilhar o que você está passando o deixará mais bem equipado para lidar com a síndrome do impostor e o ajudará a perceber seu próprio valor.

  1. Deixe de lado o seu perfeccionista interior

O perfeccionismo √© a criptonita para a s√≠ndrome do impostor. Embora possa ser √ļtil em certos contextos, tamb√©m pode ser uma grande queda para a produtividade e a auto-estima no caso da s√≠ndrome do impostor.

Muitas pessoas que sofrem da síndrome do impostor são grandes realizadoras, estabelecendo um padrão quase impossivelmente alto para si mesmas e estão comprometidas em ser as melhores entre os melhores.

Pode ser prejudicial √† sua sa√ļde mental estar sempre se comparando ao resultado perfeito que √© inating√≠vel ou irreal. Esfor√ßar-se pelo perfeccionismo costuma ser mais contraproducente e s√≥ far√° voc√™ se sentir mais uma fraude.

√Č importante lembrar-se de praticar a autocompaix√£o ‚Äď estar atento aos seus pensamentos e a√ß√Ķes pode ajud√°-lo a abandonar o perfeccionismo.

‚Äč‚ÄčAo ajustar seus padr√Ķes de sucesso, ser√° mais f√°cil internalizar seu valor. Focando em seu progresso em vez de apontar para perfei√ß√£o ir√° ajud√°-lo a superar a s√≠ndrome do impostor.

  1. Reprograme sua linha de pensamento

Reprogramar sua linha de pensamento é um ato poderoso para superar a síndrome do impostor. Quando você altera o conversa interna você tem consigo mesmo, você é capaz de descobrir onde está o seu poder.

Tudo come√ßa observando as mensagens quando elas surgem em sua mente. A s√≠ndrome do impostor muitas vezes se manifesta como uma voz dentro de nossas cabe√ßas, nos atacando com mensagens negativas como ‚Äúvoc√™ √© uma fraude‚ÄĚ ou ‚ÄúEu n√£o mere√ßo o que conquistei.‚ÄĚ

Observe quando seus sentimentos de impostor v√™m √† tona e como voc√™ reage a eles. Praticar a aten√ß√£o plena pode ajud√°-lo a permanecer presente e consciente de seus pensamentos e sentimentos. Esta √© uma dica especialmente importante, pois o fen√īmeno do impostor √© inconsciente e irracional. Isso o ajudar√° a mover conscientemente seus pensamentos em uma dire√ß√£o diferente.

Psic√≥logos descobriram que repetir afirma√ß√Ķes positivas pode combater sentimentos de s√≠ndrome do impostor. Eles podem melhorar os n√≠veis de estresse e ansiedade, porque essas declara√ß√Ķes positivas constroem uma ponte para o seu subconsciente.

Algumas afirma√ß√Ķes positivas para praticar para a s√≠ndrome do impostor incluem:

  • Eu sou uma pessoa forte e capaz
  • N√£o preciso ser perfeito para ser eficaz
  • Eu conquistei meu lugar aqui
  • Estou confiante em minhas habilidades
  • Sou um trunfo para qualquer equipe
  • Eu libero qualquer d√ļvida que eu tenha
  1. Visualize (e possua) seu sucesso

Você não teve sorte por acaso. Certifique-se de ser o dono do seu sucesso!

Aqueles que muitas vezes temem ser ‚Äúdescobertos‚ÄĚ tendem a atribuir o seu sucesso a fatores externos ‚Äď como sorte ou uma m√£o amiga. Pessoas com s√≠ndrome do impostor lutam para perceber que seu sucesso √© resultado de fatores internos, como trabalho duro, talento, determina√ß√£o e intelig√™ncia.

Pode ser √ļtil monitorar seu sucesso para que voc√™ possa v√™-lo √† vista de todos. Tente anotar coisas que o ajudar√£o a visualizar suas conquistas, como quantas visualiza√ß√Ķes mensais sua postagem obteve ou copiar os coment√°rios/mensagens gentis que as pessoas lhe enviaram e assim por diante.

Além disso, se alguém lhe parabenizar, pare e pense nos elogios. Preste atenção em como você responde e tente falar de forma mais positiva sobre você. Isso ajudará a internalizar seu sucesso.

  1. Reconheça suas curvas de aprendizado

Todo mundo tem bloqueios subconscientes ‚Äď coisas que nos impedem de atingir nossos objetivos. Reconhecer que voc√™ n√£o sabe tudo √© outra maneira de quebrar as barreiras do perfeccionismo e enfrentar as curvas de aprendizado ao superar a s√≠ndrome do impostor.

Também é importante reconhecer suas falhas. Aprenda a valorizar críticas construtivas. Peça ajuda quando precisar. Falar sobre coisas que não aconteceram do seu jeito com os outros permite que você perceba que, na maioria das vezes, outras pessoas também estão passando por dificuldades.

Compartilhar os momentos de aprendizagem nesses fracassos pode ser um passo vital ao aprender a superar a s√≠ndrome do impostor ‚Äď voc√™ √© capaz de perceber que o fracasso n√£o √© um rev√©s, √© uma oportunidade de redirecionamento e crescimento.

  1. Abrace suas emo√ß√Ķes

Lutar contra esses sentimentos de s√≠ndrome do impostor n√£o significa que eles nunca mais voltar√£o. Sempre seremos confrontados com novas experi√™ncias, emo√ß√Ķes e desafios na vida.

A S√≠ndrome do Impostor √© um padr√£o de pensamento que nos faz duvidar de nossas habilidades e realiza√ß√Ķes. Embora voc√™ possa ter a sensa√ß√£o de ser uma ‚Äúfraude‚ÄĚ de vez em quando, √© importante reconhecer por que essas emo√ß√Ķes existem. Ficar presente com todas as suas emo√ß√Ķes permitir√° que voc√™ pense conscientemente sobre seus sentimentos, em vez de se deixar cair naquela ladeira escorregadia de negatividade est√ļpida e inseguran√ßa.

Com as novas habilidades que aprendeu sobre como superar a s√≠ndrome do impostor, voc√™ ser√° capaz de se conter quando cair nesse padr√£o de pensamento cr√≠tico e severo. Quando voc√™ reconhece essas emo√ß√Ķes, voc√™ se torna consciente do que precisa para mudar e redirecionar seu curso.

Conclus√£o

Os efeitos da síndrome do impostor atingem mais pessoas do que você imagina. Ao falar sobre isso e nos conectar com outras pessoas sobre essa característica desagradável comum, começamos a perceber que não estamos sozinhos.

Aqui está uma citação de Michelle Obama em sua turnê do livro de seu best-seller Tornando-se.

‚ÄúAinda tenho um pouco de s√≠ndrome do impostor‚Ķ N√£o passa, aquela sensa√ß√£o de que voc√™ n√£o deveria me levar t√£o a s√©rio. O que eu sei? Compartilho isso com voc√™s porque todos temos d√ļvidas sobre nossas habilidades, sobre nosso poder e sobre o que √© esse poder.‚ÄĚ

√Č fortalecedor sentir que voc√™ n√£o est√° t√£o sozinho pensando dessa maneira. Reconhecer esses pensamentos que est√£o trabalhando contra n√≥s nos permitir√° retirar o poder do nosso subconsciente, permitindo-nos alcan√ßar com confian√ßa nossos objetivos e assumir nosso sucesso.

Se voc√™ sente que est√° sofrendo do fen√īmeno do impostor, esperamos que este guia para superar a s√≠ndrome do impostor o tenha esclarecido com m√©todos para alcan√ßar o seu eu mais elevado e absorver toda a sua gl√≥ria e merecedor sucesso.


Quer mais dicas para empreendedores? Inscreva-se no boletim informativo abaixo.
Crie e venda cursos online |  Plataforma de cursos online 360Learning

Table of Contents