Notícias de dispositivos móveis, gadgets, aplicativos Android

Elon Musk não quer mais Twitter por bots, mas a rede social vai te forçar a comprá-lo

Desde que Elon Musk anunciou suas intenções de compra em meados de abril Twitter Com todas as mudanças que isso implicaria, o impressionante Acordo de US$ 44 bilhões Tornou-se uma novela inteira.

O CEO da Tesla e da SpaceX demonstrou nos últimos meses sua preocupação com o descumprimento de determinadas cláusulas estabelecidas para a compra. Bem, tudo isso desencadeou o que muitos esperavam: Elon Musk acabou de cancelar a oferta de compra Twitter. Este é o capítulo final desta história? Pois bem, tudo parece indicar que não, uma vez que a directiva do Twitter Ele processará o magnata para concluir a compra.

Twitter e Elon Musk vão à Justiça: o magnata retira a oferta e o conselho o processa

Através de um documento submetido às autoridades da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), Os advogados de Elon Musk confirmaram que o magnata cancela a oferta de compra de Twitter por descumprimento de cláusulas estabelecidas. Principalmente, referem-se ao acordo para fornecer informações detalhadas sobre o número de contas falsas (bots) na plataforma.

Musk e seu escritório de advocacia acusam Twitter para fornecer dados “falso e inutilizável” no número de usuários ativos diários monetizáveis ​​(mDAU) que existem na plataforma. O magnata sul-africano teria exigido do conselho de administração da rede social que os bots representassem menos 5 % de usuários ativos. E, embora desde então Twitter Garantem que cumprem a referida cláusula, a equipa jurídica de Elon não está convencida com os números disponibilizados pela rede social.

A directiva de Twitter pretende forçar Musk a concluir a compra

Bret Taylor, presidente do conselho de administração da Twitterdeclarou em um tweet que a rede social está pronta para levar o caso a tribunal e assim garantir que o magnata cumpra os termos do contrato de compra.

Nós recomendamos:  Agora você pode comprar o Ulefone Be Pro por 114 euros

Além disso, é necessário lembrar que foi estabelecido uma cláusula de rescisão de 1 bilhão de dólares que ele terá que pagar a parte do acordo que for retirada da compra, embora se espere que os advogados de Musk aleguem o problema dos bots para fugir dessa obrigação.

Teremos que esperar para saber o desfecho judicial deste novo conflito que opõe Elon Musk Twitter. Pelo pronto, Quem se ressente desses problemas é a própria rede social que vê o preço de suas ações cair de US$ 54,20 (na data da oferta do magnata) para US$ 36,81.

E você… Você acha que finalmente Twitter Será de Elon Musk?