Notícias de dispositivos móveis, gadgets, aplicativos Android

N√£o acredite no hype assustador sobre AppleAirPods

N√£o acredite no hype assustador sobre AppleAirPods 1

Em 2015, 250 cientistas assinaram uma peti√ß√£o e a encaminharam √† Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS). O documento discutiu a gera√ß√£o de campos eletromagn√©ticos (CEM) por dispositivos sem fio e el√©tricos. Diz-se que uma EMF √© uma onda invis√≠vel composta de um campo magn√©tico e el√©trico perpendicular um ao outro. Os dispositivos com os quais os cientistas estavam preocupados variaram de telefones celulares, telefones sem fio (e suas esta√ß√Ķes base) a Wi-Fi, monitores de beb√™s e a infraestrutura usada para fornecer eletricidade. A peti√ß√£o solicitou que mais pesquisas fossem feitas para determinar como os campos eletromagn√©ticos afetam os seres humanos. Ao mesmo tempo, os cientistas sugeriram que os humanos limitassem sua exposi√ß√£o a esses campos. Segundo o AppleInsider, o tabl√≥ide brit√Ęnico Daily Mail come√ßou um boato de que o Apple Os fones de ouvido sem fio Air Pods Bluetooth eram um risco de c√Ęncer, com uma manchete grande e assustadora que dizia “Os AirPods s√£o perigosos? 250 cientistas assinam uma peti√ß√£o contra o c√Ęncer pela tecnologia sem fio, incluindo os modernos fones de ouvido”. O jornal citava a peti√ß√£o acima mencionada que havia sido entregue √† OMS, embora n√£o tivesse nada a ver com Bluetooth e os mais populares Apple acess√≥rio. N√£o foi apenas um jornal de tabloide que espalhou esse boato. O Yahoo News UK publicou uma hist√≥ria, citando novamente a peti√ß√£o, com a manchete “Fones de ouvido sem fio como Apple Os AirPods podem representar risco de c√Ęncer ‘, alertam os cientistas. “√Č claro que n√£o foi o que os cientistas disseram. De fato, todos os aparelhos que voc√™ v√™ em uso todos os dias oferecem aos usu√°rios uma exposi√ß√£o muito maior a EMF do que os AirPods. Wi-Fi e Bluetooth usam as mesmas frequ√™ncias, o primeiro possui um sinal muito mais forte. Supondo que ambos estejam portando os mesmos dados, um sinal de Wi-Fi √© cerca de 40 vezes mais poderoso que o Bluetooth. Voc√™ pode ver por si mesmo. O sinal -Fi pode ser recebido em toda a sua casa, enquanto um sinal Bluetooth √© desconectado ap√≥s alguns metros.

N√≥s recomendamos:  Incerteza paira sobre a WWDC 2020 enquanto Santa Clara pro√≠be reuni√Ķes em massa

Uma terceira geração de AirPods poderá ser lançada ainda este ano

E, como se v√™, o aprimoramento da tecnologia est√° permitindo que os fabricantes reduzam a quantidade de sinais EMF gerados pelos fones de ouvido. Quando Apple lan√ßou seu pr√≥prio fone de ouvido Bluetooth para o iPhone OG em 2007, baseado no Bluetooth 2.0 e correu com o m√°ximo 20,5mW de pot√™ncia que era o limite h√° 12 anos. A conectividade Bluetooth Low Energy (LE) empregada pelos AirPods n√£o consome mais que 0,5mW de energia. Al√©m disso, atender chamadas atrav√©s dos fones de ouvido sem fio exp√Ķe os usu√°rios a menos ondas EMF do que atender um iPhone e segur√°-lo junto ao ouvido. E se voc√™ precisar de mais informa√ß√Ķes para se sentir melhor, as antenas usadas nos AirPods n√£o est√£o dentro da parte do acess√≥rio que entra em seu ouvido. Eles est√£o localizados no pequeno eixo do dispositivo que fica pendurado na orelha.

Notícias assustadoras, mas falsas, relatadas no mês passado pelo Daily Mail do Reino Unido - Não acredite no hype assustador sobre AppleAirPods

Notícias assustadoras, mas falsas, relatadas no mês passado pelo Daily Mail do Reino Unido

Ontem, dissemos a voc√™ que o lan√ßamento de uma terceira gera√ß√£o de AirPods poderia acontecer ainda este ano. Os novos AirPods podem ser equipados com alguns dos recursos que faltam na segunda gera√ß√£o do acess√≥rio, lan√ßada recentemente. Isso incluiria cancelamento de ru√≠do e resist√™ncia √† √°gua. Tamb√©m encontramos alguns aplicativos relacionados √† sa√ļde, incluindo um monitor de freq√ľ√™ncia card√≠aca. Os modelos de segunda gera√ß√£o t√™m maior autonomia da bateria e est√£o dispon√≠veis em um gabinete que permite o carregamento sem fio. Eles tamb√©m t√™m suporte para a Siri ‘sempre ativa’.