Notícias de dispositivos móveis, gadgets, aplicativos Android

O Huawei P60 Pro terá o melhor processador e hardware brutal, embora não seja 5G

Há algumas semanas informamos que a Huawei pretendia lançar o seu P60 em março e também revelamos algumas das suas especificações. No entanto, a data continua cada vez mais próxima e novos rumores entram em jogo. O último? Uma mudança no processador, bem como nos dados de memória e armazenamento. Aparentemente, o Huawei P60 Pro usará o Snapdragon 8 gene 2 e o melhor na memória (com permissão da tecnologia LPDDR5T).

A Huawei não economizará nada no P60 Pro, será uma arma móvel para levar

O último vazamento de dados sobre o Huawei P60 Pro revelou muitos detalhes sobre este carro-chefe. Porém, havia algo que fazia barulho: o processador. Essa informação garantiu que o P60 Pro usaria o Snapdragon 8+ Gene 1 da Qualcomm, um chip muito poderoso, mas que já tem substituto em seu nicho. Agora, um novo vazamento vindo de Weiboaponta para uma nova direção que parece mais sensata.

O novo Huawei P60 Pro carregará o dragão-leão 8 gene 2, um SoC de última geração que melhor se adapta a este dispositivo. Se assim for, o principal telemóvel da Huawei garantiria a maior potência atualmente possívelbem como melhor consumo de energia e desempenho em IA. O único detalhe? Assim como aconteceu com o Huawei Mate 50, o chip Qualcomm passaria por modificações para limitar a conectividade 5G (atingiria apenas 4G).

De mãos dadas com esse vazamento, o informante sugere que o Huawei P60 Pro usará chips de armazenamento LPPDR5X RAM e UFS 4.0. Estas duas tecnologias de memória são as melhores do momento, pelo menos comercialmente, garantindo assim um desempenho excepcional. Infelizmente, ainda não sabemos a quantidade de RAM e armazenamento que este celular irá ocupar.

Entre os demais recursos listados, O vazamento está de acordo com todos os dados que já estávamos tratando. Ou seja, o Huawei P60 Pro terá as seguintes especificações:

  • Tela OLED 6,6 polegadas com Resolução 2K (3200 x 1440 pixels), taxa de atualização de 120 Hz e escurecimento PWM de 1920 Hz.
  • Processador Qualcomm Snapdragon 8 gene 2 com gráficos Adreno 740 (versão 4G).
  • RAM LPDDR5X e armazenamento UFS 4.0 (capacidade não determinada).
  • Câmera traseira tripla 50 MP (principal, Sony IMX888) + 50 MP (ultra grande angular, Sony IMX858) + 64 MP (telefoto, OmniVision OV64B)
  • Câmera frontal de 32 megapixels com tecnologia de abertura focal variável XMAGE.
  • Bateria de 5000mAh com carregamento rápido de 100 W e carregamento sem fio de 50 W.
  • Proteção IP68 contra água e poeira, conexão via satélite para chamadas e mensagens de emergência.
Nós recomendamos:  10 soluções rápidas para “tentar novamente mais tarde” Instagram

Ainda não sabemos nada sobre o software, mas presumimos que a Huawei manterá a fórmula utilizada até agora. Isto significa que o Huawei P60 Pro poderá chegar com Android 13 sob EMUI 13 ao mercado global (sem GMS) e uma nova versão do HarmonyOS para o mercado chinês.