Notícias de dispositivos móveis, gadgets, aplicativos Android

O marketing realmente precisa de todos os sinos e assobios brilhantes?

Como profiss√£o, o marketing √© √ļnico. Todos t√™m uma opini√£o, ela est√° em constante evolu√ß√£o, novas tecnologias e t√©cnicas surgem repentinamente e, em alguns casos, caem em desuso com a mesma rapidez. Muitos profissionais de marketing est√£o com a cabe√ßa girando, tentando olhar para a pr√≥xima tend√™ncia brilhante, enquanto ainda correm na roda do hamster de comunicados √† imprensa, lan√ßamentos de produtos e promo√ß√£o social e se afogam em um dil√ļvio de conte√ļdo que lhes conta 10 raz√Ķes pelas quais est√£o fazendo isso. est√° errado.

Nossas obsess√Ķes atuais parecem ser a intelig√™ncia artificial (IA) e a realidade aumentada (AR). No passado, √©ramos obcecados pela experi√™ncia digital, pela relev√Ęncia e personaliza√ß√£o, pelas m√≠dias sociais, pelos dispositivos m√≥veis e por todos os tipos de tend√™ncias, canais, bugigangas e coisas divertidas – mas quando voc√™ fala com os consumidores, nada disso est√° no centro do que eles querem.

Deslumbre com a utilidade e surpreenda-se com a autenticidade

Recentemente me perguntaram ‚Äúo que as pessoas podem fazer para oferecer uma √≥tima experi√™ncia sem necessariamente ter acesso (ou inclina√ß√£o) para usar todos os sinos brilhantes de IA e assobios de AR?‚ÄĚ Este artigo √© minha resposta.

Em suma, a resposta é esta: reduzimos e concentramo-nos nas necessidades do consumidor, fazemos o nosso melhor para satisfazê-lo com o que temos e avançamos a partir daí.

Ent√£o, o que os consumidores querem?

Bem‚Ķ √© chato. Eles querem conte√ļdo √ļtil, entregue de forma conveniente.

De acordo com o eMarketer, 60 por cento querem ser informados. A mídia social hoje nos diz que eles anseia por autenticidade e o eMarketer também nos dizem, e isso causa um arrepio no coração de qualquer profissional de marketing criativo, que muitas vezes eles não querem uma história, eles só querem um cupom. Eles querem algo prático que os ajude a decidir pela compra.

O conte√ļdo √© a for√ßa vital da experi√™ncia do cliente

O conte√ļdo √© o cora√ß√£o e a alma ou a for√ßa vital da experi√™ncia do cliente. Ser capaz de lan√ßar uma campanha de e-mail maravilhosamente personalizada, com todos os ciclos e movimentos orquestrados de uma nuvem de estorninhos (ou, como aprendi, de um murmura√ß√£o) ser√° totalmente desperdi√ßado se o conte√ļdo for lixo. Voc√™ usar√° esta m√°quina de marketing maravilhosamente brilhante para bombear silagem.

N√≥s recomendamos:  Jogo de a√ß√£o online FAU-G cruza 1 marca de pr√©-registro de um milh√£o

H√° um impulso dentro das equipes de marketing de que devemos fazer algo: temos uma lista, devemos enviar esta lista por e-mail, temos uma ferramenta de m√≠dia social, devemos compartilhar, devemos blogar e devemos fazer todas essas coisas para apoiar nossos blog e continuar a bombear nossa contribui√ß√£o para aumentar a sobrecarga de conte√ļdo do consumidor.

Todos nós temos histórias divertidas de quando a personalização dá errado (por exemplo, o site que uso regularmente: quando estou na Alemanha, DE REPENTE não sou fluente em alemão), então Deus sabe quando nossas principais ferramentas de marketing nos fornecem inteligência artificial e chatbots, nós saltarão para encher as cabeças das nossas máquinas obedientes com mais da mesma porcaria.

Dizem que ‚Äúos olhos s√£o a janela da alma‚ÄĚ. Isto √© o que √© o conte√ļdo de uma organiza√ß√£o. √Č o equivalente digital do aperto de m√£o do vendedor, do barman que lembra o que voc√™ bebe, dos olhos se encontrando do outro lado da sala, talvez de um primeiro beijo. √Č a primeira impress√£o sobre voc√™, sua marca, produto ou servi√ßo.

Existem in√ļmeras estat√≠sticas fant√°sticas para apoiar isso, mas a fria realidade √© que 67% das decis√Ķes de compra B2B agora s√£o feitas digitalmente, de acordo com Decis√Ķes de S√≠rius. Eu suspeito que se voc√™ est√° bombeando silagem, essa decis√£o n√£o est√° indo do seu jeito.

Capture seus cora√ß√Ķes antes de acert√°-los com coisas ma√ßantes

Escreva conte√ļdo chato que seja igual a todos os outros em seu mercado e voc√™ ser√° considerado uma mercadoria, ser√° julgado nesses termos – por recursos, pre√ßo, conveni√™ncia ou o que quer que o consumidor racionalize.

Crie um conte√ļdo diferente, que o ajude, seja √ļtil, eduque ou conte uma hist√≥ria que capte o cora√ß√£o e a alma do consumidor e ele vai te julgar de forma diferente, mais emocional, vai querer te conhecer, te dando uma vantagem antes os pre√ßos, recursos e m√©tricas enfadonhas de conveni√™ncia s√£o adicionados √† planilha.

N√≥s recomendamos:  Assassin's Creed Mirage, o v√≠deo do gameplay surpreende a todos

Tente isto (eu fiz): recorte e cole parte do seu conte√ļdo em um slide. Agora fa√ßa o mesmo com alguns de seus concorrentes. Remova todas as marcas e nomes de produtos e pe√ßa aos seus executivos que percebam a diferen√ßa. Se eles n√£o puderem, voc√™ √© uma mercadoria.

A maneira mais simples de evitar ser uma mercadoria √© desenvolver um ponto de vista. Isso precisa refletir a marca, precisa ser entendido por todos na empresa, mas precisa ficar bem claro. Expressar uma opini√£o tamb√©m sublinha a autenticidade ‚Äď voc√™ est√° se expondo um pouco, √© real. Claro, se voc√™ publicar um ponto de vista, nem todo mundo vai gostar. Isso est√° ok. √Č melhor passar mais tempo com pessoas que entendem voc√™ e ter aquelas que n√£o se desqualificam no momento em que acessam seu site, do que depois de um doloroso processo de aquisi√ß√£o de tr√™s meses em que voc√™ termina em segundo lugar (de novo!).

Invista em seu conte√ļdo assim como voc√™ investe em suas ferramentas

Al√©m de criar conte√ļdo mon√≥tono, muitas vezes adotamos uma abordagem baseada em t√°ticas e ferramentas para o problema do consumidor, muitas vezes completamente esquecido, √† medida que nos envolvemos no que queremos fazer e n√£o no que eles precisam.

Tamb√©m sentimos que as ferramentas ou o meio da mensagem ser√£o um fator no nosso sucesso no envolvimento do consumidor. eu sourecentemente li uma analogia ao marketing moderno que dizia ‚Äúse voc√™ enviar seu convite de casamento por e-mail, poucas pessoas aparecer√£o‚ÄĚ, o que, claro, √© besteira. Se os convidados do seu casamento est√£o noivos ou amam voc√™s como amigos, a forma como foram convidados n√£o ser√° um grande fator no n√ļmero de pessoas que comparecer√£o. A menos, √© claro, que a velha tia Maude n√£o esteja no e-mail, ela pode precisar de uma liga√ß√£o de acompanhamento. Mas, se voc√™ tiver os meios de comunica√ß√£o corretos, o conte√ļdo √© o que determinar√° o n√≠vel de engajamento.

N√≥s recomendamos:  Lira preciosa, o ranking atualizado que voc√™ precisa saber para mudar sua vida

As organiza√ß√Ķes tomam decis√Ķes estrat√©gicas sobre o investimento em plataformas. Em 2017, o Gartner previu que o mercado de plataformas de experi√™ncia digital valer√° impressionantes US$ 18.5 bilh√£o em alguns anos (a menos que voc√™ tenha uma assinatura do Gartner e possa ver esse linkvoc√™ precisar√° acreditar na minha palavra).

E isso √© apenas o custo do software, e as horas gastas em sua sele√ß√£o e os meses de sua implementa√ß√£o? No entanto, quantas equipes de marketing se sentam e investem da mesma forma em sua hist√≥ria? Ou o ponto de vista deles? Sim, custa tempo, mas duvido que custe coletivamente 18 mil milh√Ķes de d√≥lares.

Ent√£o‚Ķ voltando √† pergunta que gerou este artigo ‚Äúo que as pessoas podem fazer para oferecer uma √≥tima experi√™ncia sem necessariamente ter o acesso (ou a inclina√ß√£o) para usar todos os sinos brilhantes de IA e assobios de AR?‚ÄĚ

Meu conselho? Simplifique, crie sua hist√≥ria, um ponto de vista, torne seu conte√ļdo excelente. E ent√£o trabalhe a partir da√≠.

Table of Contents