Notícias de dispositivos móveis, gadgets, aplicativos Android

Samsung lidera o mercado de smartphones da √ćndia no 3T23 com Realme e Vivo em ascens√£o

Na √ļltima pesquisa de mercado divulgada pela empresa global de intelig√™ncia de mercado International Data Corporation (IDC), foi revelado que a Samsung manteve sua posi√ß√£o de lideran√ßa no mercado indiano de smartphones durante o terceiro trimestre de 2023.

O relat√≥rio lan√ßa luz sobre o panorama geral do mercado indiano de smartphones, destacando o desempenho das 10 principais marcas e as mudan√ßas nas suas participa√ß√Ķes de mercado em rela√ß√£o ao mesmo per√≠odo do ano anterior.

No entanto, o mercado de smartphones do pa√≠s enfrentou um terceiro trimestre de 2023 desafiador, com remessas totalizando 44 milh√Ķes de unidades. O desempenho do mercado permaneceu relativamente est√°vel em compara√ß√£o com o ano anterior, principalmente devido a um fraco desempenho durante o trimestre.

Samsung Top como Realme e Vivo em ascens√£o

A Samsung continuou a ser a campeã no mercado indiano de smartphones, apesar de um ligeiro declínio na sua quota de mercado. No terceiro trimestre de 2023, a Samsung detinha 16.2% da participação de mercado, abaixo dos 18.5% no mesmo período do ano anterior. Isso representa um 12.2% de redução de unidades ano após ano para a gigante de tecnologia sul-coreana.

Realme e Vivo emergiram como players importantes no mercado, com ambas as marcas experimentando um crescimento notável. A Realme garantiu o segundo lugar com uma participação de mercado de 15.1% no 3T23, acima dos 14.2% no 3T22. A marca testemunhou um substancial 6.5% de aumento unitário ano após ano, demonstrando sua capacidade de atrair os consumidores indianos.

A Vivo conquistou a terceira posição, com uma quota de mercado de 13.9% no 3T23, comparado ao 12.3% no mesmo trimestre do ano anterior. O notável 13 da Vivo.7% de crescimento unitário ano após ano demonstrou sua forte presença e apelo no mercado indiano.

N√≥s recomendamos:  Exemplos assustadores de segmenta√ß√£o de an√ļncios: s√£o smartphones bisbilhotando em n√≥s?

Declínio do mercado Xiaomi e OPPO

Xiaomi e OPPO, dois players proeminentes no mercado indiano de smartphones, encontraram dificuldades no terceiro trimestre de 2023. A participa√ß√£o de mercado da Xiaomi caiu de 17.4% no 3T22 a 11.7% no 3T23, marcando um significativo 32.4% de diminui√ß√£o da unidade ano ap√≥s ano. Da mesma forma, a quota de mercado da OPPO caiu de 12.5% para 9.9% no mesmo per√≠odo, com not√°veis ‚Äč‚Äč20.2% de diminui√ß√£o da unidade ano ap√≥s ano.

OnePlus, Poco e AppleDesempenho Positivo

OnePlus e Poco obtiveram ganhos impressionantes durante este per√≠odo, aumentando sua participa√ß√£o no mercado e experimentando um crescimento unit√°rio significativo ano ap√≥s ano. OnePlus subiu de um 4.2% de participa√ß√£o de mercado no 3T22 para 6.2% no 3T23, com not√°veis ‚Äč‚Äč50.1% de crescimento unit√°rio ano a ano. A Poco tamb√©m apresentou um crescimento not√°vel, aumentando a sua quota de mercado de 3.8% para 5.7% e alcan√ßando 50.8% de aumento unit√°rio ano a ano.

Apple, apesar de manter uma quota de mercado relativamente menor, registou um crescimento positivo. A participação de mercado da marca cresceu de 5.0% no 3T22 para 5.5% no 3T23, representando 10.8% de aumento unitário ano após ano.

Infinix e Tecno mostram promessa

A Infinix e a Tecno, embora tenham participa√ß√Ķes de mercado menores, mostraram-se promissoras no mercado indiano. A Infinix aumentou sua participa√ß√£o no mercado de 2.5% para 3.1% no 3T23, com not√°veis ‚Äč‚Äč26.8% de crescimento unit√°rio ano a ano. A participa√ß√£o de mercado da Tecno tamb√©m cresceu, passando de 2.4% para 2.9% no mesmo per√≠odo, indicando 21.0% de aumento unit√°rio ano ap√≥s ano.

O relatório da IDC para o terceiro trimestre de 2023 destaca um cenário misto no mercado indiano de smartphones. Embora algumas marcas bem estabelecidas tenham enfrentado desafios, outras como Realme, Vivo, OnePlus, Poco e Apple conseguiu captar a atenção dos consumidores indianos e experimentar um crescimento significativo.

Table of Contents