Notícias de dispositivos móveis, gadgets, aplicativos Android

Segredos da Dark Web: mist√©rio por tr√°s do mundo an√īnimo

Dark Web Secrets: Você já se perguntou sobre as partes misteriosas da Internet? Bem-vindo à dark web.

Este território digital inexplorado, inacessível através de motores de busca regulares, é notório pela sua associação com atividades ilegais, como tráfico de drogas, venda de armas de fogo e comércio de dados roubados.

Como surgiu esse submundo e que riscos ele representa para você e sua empresa?

Faça uma viagem às sombras da dark web, onde impera o anonimato e praticamente tudo está à venda.

Onde tudo isso começou?

As origens das tecnologias que permitem a dark web, como a rede Tor, estão rodeadas por um véu de segredo.

Parece que uma gama diversificada de indiv√≠duos e grupos, trabalhando de forma independente e potencialmente em conjunto, contribuiu para a sua cria√ß√£o. Embora as motiva√ß√Ķes exactas por detr√°s da sua cria√ß√£o permane√ßam obscuras, acredita-se que os criadores pretendiam fornecer um meio para as pessoas interagirem e partilharem informa√ß√Ķes anonimamente, permitindo-lhes escapar √† vigil√Ęncia e √†s restri√ß√Ķes governamentais.

Curiosamente, o Os militares dos EUA utilizaram inicialmente a dark web em 1995 como um canal seguro para transmiss√£o de informa√ß√Ķes confidenciais.

Com o tempo, esta tecnologia tornou-se acess√≠vel ao p√ļblico atrav√©s do Tor, permitindo que indiv√≠duos normais contornassem a censura e navegassem na Internet no anonimato. No entanto, as verdadeiras origens e prop√≥sito da dark web ainda permanecem um tanto enigm√°ticas.

Então, como os segredos da dark web permanecem sob mistério?

A resposta est√° na rede Tor (The Onion Router), que utiliza m√ļltiplas camadas de criptografia para proteger os dados transmitidos.

Operando na periferia da Internet, constitui a base da dark web ‚Äď uma cole√ß√£o de websites ocultos que n√£o podem ser acedidos atrav√©s de navegadores normais e que permanecem n√£o indexados por motores de busca como o Google.

O que torna isso assustador

A dark web opera sem uma autoridade central e é comumente associada a atividades ilegais.

O anonimato da dark web torna difícil verificar as identidades dos usuários, aumentando o risco de fraudes e enganos.

De acordo com o √ćndice de Pre√ßos da Dark Web para Assuntos de Privacidade, √© poss√≠vel que um ladr√£o compre dados pessoais suficientes para assumir a identidade de algu√©m por cerca de US$1.000.

N√≥s recomendamos:  Apple An√°lise do MacBook Air de 15 polegadas: n√≥s Apple- Absolutamente adorei!

O anonimato proporcionado pela dark web dificulta a verificação da identidade de outros usuários, aumentando o risco de ser vítima de golpes ou enganos.

Portanto, é essencial ter cautela e estar atento aos riscos e perigos potenciais associados aos Dark Web Secrets.

A dark web e seus perigos: como ela afeta as empresas?

Você deve estar se perguntando por que qualquer empresa legítima e legalmente funcionando (como a sua) estaria usando a dark web. A menos que você esteja planejando comercializar ferramentas e serviços ilícitos ou dados roubados, por que diabos sua organização seria afetada, mesmo que remotamente, pelo que acontece na dark web?

Embora possa parecer que tudo o que voc√™ precisa fazer √© evitar visit√°-lo, infelizmente, se voc√™ frequenta o Dark Web Secrets ou n√£o, isso n√£o determinar√° se os dados da sua organiza√ß√£o ir√£o parar nele. A dark web √© o lar de ‚Äú25.9 milh√Ķes de contas empresariais da Fortune 1000 violadas e 543 milh√Ķes de credenciais de funcion√°rios comprometidas‚ÄĚ, de acordo com dados recentes relat√≥rios.

Então, qual é o principal motivo pelo qual os dados corporativos acabam na dark web? Na verdade, existem vários motivos:

  1. Amea√ßas internas: Indiv√≠duos internos com acesso a informa√ß√Ķes confidenciais representam um risco quando t√™m inten√ß√Ķes maliciosas de explor√°-las para ganho pessoal na dark web.
  2. Ataques de phishing: Os cibercriminosos empregam t√°ticas enganosas para induzir indiv√≠duos desavisados ‚Äč‚Äča revelar suas informa√ß√Ķes confidenciais, que muitas vezes s√£o vendidas na dark web.
  3. Vulnerabilidades de software: O conhecimento sobre as lacunas de segurança e os pontos fracos do software são bens valiosos na dark web, permitindo que os hackers os explorem para fins maliciosos.
  4. Incidentes de ransomware: Software malicioso criptografa dados valiosos, mantendo-os como ref√©ns at√© que um resgate seja pago, com a dark web servindo como plataforma para negocia√ß√Ķes e transa√ß√Ķes de resgate.
  5. Ferramentas de fraude financeira: Detalhes fraudulentos, como detalhes de cart√Ķes de cr√©dito roubados e contas comprometidas, s√£o vendidos na dark web, permitindo fraudes financeiras dirigidas tanto a indiv√≠duos como a empresas.
  6. Credenciais falsas: Documentos de identifica√ß√£o falsos, certifica√ß√Ķes falsificadas e qualifica√ß√Ķes falsificadas podem ser obtidos na dark web, facilitando a fraude de identidade nas empresas.
  7. Contas de funcion√°rios comprometidas: As credenciais violadas dos funcion√°rios s√£o vendidas na dark web, concedendo acesso n√£o autorizado aos sistemas corporativos e comprometendo potencialmente dados confidenciais.
  8. Ataques direcionados: Ataques secretos e focados s√£o orquestrados na dark web, aproveitando seu anonimato e recursos para atingir indiv√≠duos ou organiza√ß√Ķes espec√≠ficas.
  9. Falta de ética cibernética: A dark web promove uma comunidade onde os limites éticos são desrespeitados, permitindo e promovendo atividades ilícitas com consequências mínimas.
N√≥s recomendamos:  Thomson anunciou uma nova linha de televis√Ķes e m√°quinas de lavar na √ćndia

Dados violados geralmente acabam em mercados da dark web

Os mercados da dark web s√£o sites populares para negociar e adquirir dados corporativos confidenciais.

Dados de funcion√°rios e clientes ‚Äď incluindo informa√ß√Ķes de identifica√ß√£o pessoal (PII), cart√Ķes de cr√©dito empresariais e detalhes financeiros, e-mails e senhas, an√ļncios da empresa que podem afetar o valor das a√ß√Ķes e outros dados ‚Äď podem ser comprados e vendidos.

Não é incomum que dados de empresas privadas acabem nessas plataformas.

A pesquisa Breach Exposure of the Fortune 1000 de 2021 da SpyCloud descobriu 543 milh√Ķes de ativos de viola√ß√£o na dark web relacionados a funcion√°rios da Fortune 1000, juntamente com mais de 26 milh√Ķes de senhas em texto simples.

Se voc√™ possui uma pequena empresa, √© f√°cil pensar que n√£o √© alvo de hackers que tentam extorquir dinheiro de voc√™ ou interromper suas opera√ß√Ķes.

No entanto, as organiza√ß√Ķes mais pequenas podem ter menos meios para preservar e recuperar dados roubados ou para se protegerem de ataques, tornando-as alvos mais apelativos para ladr√Ķes que procuram uma vit√≥ria r√°pida.

E presumir que você não é um alvo simplesmente o deixará despreparado caso seja vítima de um ataque.

A melhor aposta √© assumir que voc√™ √© sempre um alvo, independentemente do tamanho da sua organiza√ß√£o ou do setor em que opera, e tomar as precau√ß√Ķes necess√°rias para mitigar os danos que um ataque pode causar.

Prevenido vale por dois: algumas medidas preventivas para as empresas

No cenário digital atual, as empresas devem ser proativas na proteção contra ameaças em evolução.

Um aspecto crucial √© a necessidade de uma solu√ß√£o de seguran√ßa que atue como mecanismo de defesa contra poss√≠veis viola√ß√Ķes.

N√≥s recomendamos:  Contra-ataque 2 Beta de acesso antecipado: como participar do teste limitado?

Essas solu√ß√Ķes abrangem v√°rios componentes, como sistemas de firewall, sistemas de detec√ß√£o e preven√ß√£o de intrus√Ķes e ferramentas de criptografia. Juntos, eles formam um escudo abrangente para proteger redes, sistemas e informa√ß√Ķes confidenciais contra acesso n√£o autorizado e atividades maliciosas.

O Endpoint Central, um elemento vital de uma forte estratégia de defesa, concentra-se na proteção de dispositivos individuais, como laptops, desktops e dispositivos móveis.

Ele oferece uma variedade de recursos, incluindo controle de aplicativos, controle de dispositivos, proteção contra ransomware, prevenção contra perda de dados, segurança do navegador, gerenciamento de vulnerabilidades e gerenciamento de patches.

Esses recursos funcionam juntos para garantir que os endpoints sejam protegidos por meio da implantação de uma combinação de ferramentas proativas e reativas.

Plataformas de gerenciamento centralizado como o Endpoint Central desempenham um papel crucial na simplificação do gerenciamento da segurança de endpoints.

Eles fornecem uma interface centralizada para monitorar e gerenciar endpoints em toda a organização.

Com o Endpoint Central, as empresas podem aplicar políticas de segurança, monitorar possíveis ameaças em tempo real, gerenciar vulnerabilidades de software e aplicar patches para garantir que os endpoints estejam atualizados e protegidos.

Proteja sua presença digital com confiança, com Ponto de extremidade central como seu guardião, você pode proteger seus dados, aplicativos e negócios dos perigos que espreitam nos cantos mais sombrios da Internet.